Morre bebê atingida por ônibus que invadiu residência em Limeira, SP

June 29, 2016

Criança de 1 ano e seis meses estava internada na Santa Casa desde terça.
Coletivo perdeu controle e bateu em muro; mãe de 24 anos morreu na hora.

 

A bebê de 1 ano e seis meses, que foi atingida por um ônibus do transporte público de Limeira (SP) quando estava no colo da mãe, morreu na madrugada desta quarta-feira (29). A informação foi confirmada pela Santa Casa do município, onde a criança estava internada. O coletivo invadiu a residência na manhã de terça-feira (28). A mulher de 24 anos morreu na hora. A motorista do veículo informou à Guarda Municipal que teve um mal súbito.

De acordo com a unidade médica, a bebê chegou ao hospital em estado grave com múltiplas fraturas, inclusive na cabeça. A criança foi reanimada pelos médicos, mas o quadro piorou durante a madrugada e ela morreu por volta das 5h. A Santa Casa informou que a vítima não passou por cirurgia.

Segundo testemunhas, a mulher levava a criança até a creche, quando o ônibus perdeu o controle, bateu em uma árvore e depois invadiu a residência. As vítimas foram atingidas na calçada. A Polícia Civil informou que a perícia foi até o local para coletar as primeiras informações sobre o acidente. O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

 

Investigação
A motorista do ônibus ainda não foi ouvida pelo delegado Mamede Jorge Rime, responsável pela investigação, porque estava em estado de choque. "Ela disse à Guarda Municipal que teve um apagão e passou mal. Ela ficou muito apavorada com o acidente e entrou em estado de choque. Assim que ela tiver condições, será ouvida", disse o titular do 4º Distrito Policial.

Vanessa Biazotto, de 24 anos, nem chegou a ser socorrida e morreu na hora. O enterro dela será será na manhã desta quarta, no Cemitério da Parque da Ressureição, em Limeira. O tio da vítima, Valdemir Gomes da Silva, afirmou que os motoristas de ônibus no município são imprudentes. "Muitas vezes conversam no celular, ou ficam mexendo em rede social. É muita irresponsabilidade. Tem que ser investigado", afirmou.

 

A Viação Limeirense, responsável pelo ônibus, informou, em nota oficial, que lamenta o ocorrido e vai prestar apoio às vítimas. Além disso, a empresa disse que o ônibus tinha apenas um ano de uso e nunca teve problemas.

A empresa ainda afirmou que a motorista é funcionária há sete anos e nunca apresentou problemas de saúde. Sobre as críticas em relação à conduta dos motoristas, a companhia não se manifestou. A residência atingida pelo ônibus foi interditada pela Defesa Civil e a Viação Limeirense vai se responsabilizar pelo conserto.

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Haddad planeja pagar para paulistano trocar ônibus ou carro por bicicleta

July 18, 2016

1/1
Please reload

Posts Recentes

November 28, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square