LIVE 1 - MOBILIDADE E PANDEMIA 

Quatro renomados especialistas em mobilidade discutem o futuro da mobilidade para as cidades com as mudanças impostas na pandemia. Vai mudar tudo? Continuar tudo igual? O que mudará no transporte público? Andar a pé e de bicicleta terá o protagonismo anunciado? 

Participantes 

Luiz Carlos Néspoli 

Luiz Carlos Néspoli (Branco) é engenheiro Civil formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Superintendente da ANTP - Associação Nacional de Transportes Público. Atua no setor público nas áreas de planejamento, projeto e operação de transporte, trânsito e mobilidade urbana no Metrô - Companhia do Metropolitano de São Paulo, na EMTU Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos , na EMPLASA - Empresa de Planejamento da Grande São Paulo – EMPLASA e na CET/SP - Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo.

 

Anna Ferrer 

Anna Ferrer Giménez é de Barcelona. Barcelona. Licenciada em Filosofia e Ciências da Educação pela Universidade de Barcelona, mestre em função gerencial de Administração Pública pela ESADE Bussiness School. É funcionária do Conselho de Barcelona desde 1982, e desde 1991 no setor da mobilidade e segurança viária. Foi diretora do Plano de Segurança Viária de Barcelona e diretora do Observatório Nacional de Segurança Viária da DGT – Direção Geral do Tráfego do Ministério do Interior da Espanha (2004 a 2012). Foi a impulsora do Observatório Iberoamericano de Segurança Viária da OISEVI e Secretária técnica na sua criação. É consultora do Banco Mundial desde 2011 para temas de segurança viária da Argentina, Colômbia, Equador, México, Paraguai e República Dominicana e da CAF para impulsionar planos de segurança de motociclistas em Buenos Aires, Bogotá, Rio de Janeiro, Costa Rica e Colômbia. 

 

Carlos Leite 

Urbanista com Mestrado e Doutorado pela FAU-USP e Pós-doutorado pela CalPoly, onde foi professor visitante. É professor na FAU-Universidade Presbiteriana Mackenzie; professor colaborador no PPG-CIS-Uninove; coordenador do Núcleo de Urbanismo Social, Laboratório Arq.Futuro de Cidades do Insper e pesquisador convidado no Instituto de Estudos Avançados - USP. É autor dos livros “Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes” e “Social Urbanism in Latin America. Cases and Instruments of Planning, Land Policy and Financing the City Transformation with Social Inclusion” (Springer Nature, 2019). É Diretor de Stuchi & Leite Projetos, com consultorias em desenvolvimento urbano. Foi Diretor da SP-Urbanismo, PMSP, em 2017. 

Valeska Peres 

Valeska Peres Pinto é arquiteta e urbanista; Coordenadora do Programa “Melhores Práticas de Mobilidade Urbana” da UITP - União Internacional de Transportes Públicos / Divisão América Latina; Ex-Coordenadora Técnica da ANTP; Membro do Conselho Consultivo da FNA - Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas.

LIVE 2 - A SEDUAÇÃO DO AUTOMÓVEL 

O automóvel marcou o último século e o atual. Conformou nossas cidades, determinou modos de vida. Qual é seu legado, será seu futuro? A sociedade continuará entronizando o automóvel como motor da sociedade ou estamos entrando numa nova era? 

Participantes 

Andrés Borthagaray 

Arquiteto formado pela Faculdade de Arquitetura, Design e Urbanismo de Buenos Aires (FADU UBA), com diploma internacional ENA da França, doutorado na Sorbonne. É diretor do Instituto para a Cidade em Movimento na América Latina, presidente da Fundação Furban e diretor de pós graduação em cidades inteligentes e inclusivas na FADU UBA e professor na Universidade de Palermo (UP). 

Atuou como subsecretário de descentralização, transportes e trânsito e planejamento estratégico da cidade de Buenos Aires.

Carlo Gancia 

Carlo Vallarino Gancia é Italiano, com histórico no automobilismo desde os 12 anos. É representante para a América Latina da Fórmula Indy desde 1996. Atuou como membro do Conselho Mundial da Federation Internationale de l’Automobile, foi sócio e diretor da equipe Forti F1 de Fórmula Um. Trabalhou na Arábia Saudita, Emirados Árabes, Itália, Suiça, Mônaco, Luxemburgo, GB além de Brasil e EUA, com diversos pilotos brasileiros e estrangeiros, como Carlos Pace e Nelson Piquet. 

Sergio Avelleda 

Diretor de mobilidade urbana da WRI - World Resources Institute. Foi Presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, do Metro de São Paulo e Secretario de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo. 

Mário Andrada 

Mario de Andrada e Silva é jornalista especializado em esportes a motor. Cobriu a Fórmula 1 e as principais corridas internacionais para a Folha de São Paulo e para o Jornal do Brasil. Foi editor executivo da Reuters para América Latina, Depois trabalhou como diretor de comunicação para mercados emergentes das Américas da Nike. Foi diretor executivo de comunicação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. É consultor na área de comunicação. 

LIVE 3 - SISTEMA ÚNICO DE MOBILIDADE / PASSE LIVRE / INICIATIVA PRIVADA

Desde 2013, quando a sociedade se sublevou tendo como bandeira o questionamento nos transportes, a discussão se coloca. E com a pandemia mais atual do que nunca. Qual será o sistema de transporte capaz de responder a nova equação social em que nos encontramos? 

Participantes 

Lucio Gregori 

Engenheiro, atuou como Secretário Municipal de Transportes de São Paulo no governo de Luiza Erundina , quando idealizou e propôs o projeto de Tarifa Zero. 

Beatriz Braga 

Maria Beatriz Setti Braga é Diretora executiva da Metra, empresa do tradicional e pioneiro grupo de transportes Auto Viação ABC com mais de 100 anos no ramo de transportes. Maria Beatriz, é socióloga, com forte atuação em ações sócio-ambientais. 

Valéria Barros 

Valéria de Castro Costa Barros é engenheira civil, mestre em engenharia de transportes e possui experiência nos setores público e privado. Atua como consultora nas áreas de gestão, políticas públicas, planejamento estratégico, planejamento e projetos em Engenharia de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana. 

Atuou como Superintendente de Trânsito e de Transportes Públicos da cidade de Campina Grande, estado da Paraíba, e nos anos de 2014 e 2015 coordenou a equipe técnica que elaborou e desenvolveu o Plano de Mobilidade Urbana do Município, dando sequência à sua implementação entre 2015 e 2017. 

Nazareno Stanislau Affonso 

Nazareno Affonso é arquiteto urbanista da mobilidade e mestre em "Estruturas Ambientais Urbanas" pela FAUUSP. Nasceu em Manaus, mora em Brasília e é Diretor Nacional Executivo do Instituto MDT- Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos e membro do Conselho Diretor da Associação Nacional de Transportes Públicos- ANTP. 

Atuou como diretor do Instituto da Mobilidade Sustentável -RUAVIVA – entre 2003 e 2020, superintendente da ANTP de 2003 a 2005, presidente do Fórum Nacional de Secretários de Transporte Urbano entre 1996 e 1997, vice presidente do Fórum Nacional de Secretários de Transporte Urbano entre 1992 e 1996, vice presidente da Associação Nacional de Transporte Público entre 1992 e 2004, presidente do Instituto da Mobilidade Sustentável -RUAVIVA – entre 1999 e 2002 , Secretário de Estado dos Transportes do Distrito Federal entre 1995 e 1997, Secretário Municipal de Transporte de Porto Alegre entre 1993 e 1994, Secretário de Transporte de Santo André (SP) entre 1989 e 1992 e Secretário Executivo da Câmara Metropolitana de Transporte de São Paulo entre 1985 e 1986.

LIVE 4 - ANDAR A PÉ EU VOU, A PÉ NÃO COSTUMA FALHAR 

Andar a pé era “coisa de pobre”, de quem não tinha dinheiro para comprar um carro. Hoje é exatamente o contrário. Andar a pé transformou-se numa virtude, numa qualidade dos conscientes. Mas... quem pode andar a pé? Quem pode usar sua própria energia para se locomover? E como a sociedade trata quem faz esta escolha? 

 

Participantes 

Luma Costa 

Analista de trânsito e mobilidade da CNM. Arquiteta e Urbanista, especialista em reabilitação urbanística e arquitetônica. Compõe o Grupo de Trabalho da Carta Brasileira de Cidades Inteligentes (MDR/MCTIC). 

Foi pesquisadora visitante da Universidade de Michigan - EUA, no grupo de pesquisa e transformação em mobilidade e acessibilidade sustentáveis, grupo UM-SMART (Sustainable Mobility & Accessibility Research & Transformation), em 2016. Compôs o grupo de pesquisa Ópera Urbana sobre transporte do PPGT (Programa de Pós-Graduação em Transporte) da Universidade de Brasília - UnB.

Mauro Calliari 

Mauro Calliari é administrador de empresas e doutor em urbanismo com foco em espaços públicos e caminhabilidade. É autor do livro Espaço Público e Urbanidade em São Paulo e do blog Caminhadas Urbanas do Estadão 

Reinaldo Moraes 

Reinaldo Moraes estreou na literatura em 1981 com o romance Tanto Faz (ed. Brasiliense). Em 1985 publicou o romance Abacaxi (ed. L&PM). Depois de 17 anos sem publicar nada, voltou em 2003 com o romance de aventuras Órbita dos caracóis (Companhia das Letras). Seguiram-se: Estrangeiros em casa (narrativa de viagem pela cidade de São Paulo, National Geographic-Abril, 2004, com fotos de Roberto Linsker); Umidade (contos , Companhia das Letras, 2005), Barata! (novela infantil , Companhia das Letras, 2007) , Pornopopéia (romance , Objetiva, 2009), O Cheirinho do amor (crÔnicas, Alfaguara, 2014) e MAIOR QUE O MUNDO (romance, Alfaguara, 2018). É também tradutor e roteirista de cinema e TV. 

Vanessa Tordino 

Publicitária com mais de 20 anos de experiência em comunicação, atuando como atendimento em agências de propaganda integrada a outras áreas, como branding, design, digital, live marketing e comunicação. Foi uma das responsáveis pelo planejamento e coordenação da operação da CICLOFAIXA de LAZER em São Paulo por 10 anos. 

LIVE 5 - MOBILIDADE E SAÚDE 

Com a pandemia e as ruas vazias, esperava-se uma dramática redução nos acidentes rodoviários. Qual o que... Os acidentes com automóveis diminuíram moderadamente, mas os com motos e bicicletas aumentaram. Os acidentes viários continuam sendo uma chaga da sociedade, ocupando leitos hospitalares que deveriam ser voltados ao tratamento de doenças. A ”bandalha” automobilística continua. Gente distraída e gente com complexo de piloto de corrida continua infestando as ruas. Parece que nada mudou. Vai mudar um dia? Como? 

 

Participantes 

Prof. Paulo Saldiva 

Médico patologista e professor da FMUSP. Foi diretor do IEA – Instituto de Estudos Avançados da USP 

 

Dra. Julia Greve 

Dra. Júlia Maria D'Andréa Greve é médica fisiatra. É professora associada FMUSP e atua no Departamento de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas. 

Camila Mota 

Camila de Souza Dantas Mota é mestranda na área da mobilidade das crianças com reflexões para a segurança do trânsito e uma cidade mais acessível para todas as pessoas. Participou do corpo editorial de livro didático (RODA) destinado para o Ensino Fundamental I, II e Ensino Médio do Estado de Goiás, como autora do conteúdo transversal "Trânsito". Teve vínculo com o Programa de Extensão Educando e Valorizando a Vida, da Universidade Estadual de Goiás por dez nos, como docente, tempo em que teve a oportunidade de desenvolver vários projetos de pesquisa e extensão com foco na educação para o trânsito e mobilidade urbana. 

Elvis Bonassa 

Elvis Cesar Bonassa, doutor em filosofia pela USP, é diretor da Kairós Desenvolvimento Social, empresa especializada em planejamento e monitoramento de políticas públicas. É coautor do livro "Saúde Mais Perto" (Ministério da Saúde, 2001), um dos autores de "Gestão Hospitalar - Administrando o Hospital Moderno" (editora Saraiva 2006) e ganhou o prêmio Jabuti de melhor livro de reportagem com "Os Donos do Congresso - a Farsa na CPI do Orçamento" (editora Ática, 1994, com Gustavo Krieger e Fernando Rodrigues).

LIVE 6 - NOVAS ALTERAÇÕES NO CTB

Enquanto uns gritam: “indústria da multa!”, outros avisam: “Indústria da morte!”, e o trânsito brasileiro seguia matando diariamente mais de 100 pessoas diariamente e deixando um número próximo a 500 de inválidos. Neste quadro e no ano de encerramento da Década da ONU de Segurança de Trânsito, o governo envia um projeto de modificação do Código de Trânsito Brasileiro que liberaliza a legislação e aumenta o espaço para transgressões e violência no trânsito, com consentimento e aval do Congresso Brasileiro. 

Participantes 

Ana Carboni 

Diretora presidenta da União de Ciclistas do Brasil – UCB e membro da rede Bike Anjo. Formada em Psicologia, tem mestrado em Gestão de Recursos Humanos pelo King's College London. Retornou em definitivo para Niterói, sua cidade natal, em 2014. Desde então, vem participando ativamente da promoção da mobilidade por bicicleta no país. 

Diza Gonzaga 

Maria Edi de Moraes Gonzaga é Arquiteta. Desde a criação da Fundação Thiago Gonzaga, em 1996, dedica-se a construção de um trânsito mais humano e seguro. Em sua trajetória como

presidente voluntária da Fundação, Diza tornou-se uma ‘especialista’ na preservação da vida, tendo artigos publicados sobre legislação, educação e a valorização da vida no trânsito. Como palestrante e conferencista, Diza Gonzaga participa de congressos e eventos nacionais e internacionais, onde apresenta o programa Vida Urgente e compartilha sua experiência em mobilização social, educação e na prevenção do trauma-trânsito. 

Diza é membro fundador da Federación Iberoamericana de Asociaciones de Victimas contra La Violencia Vial, constituída por 13 países da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal. É associada à Global Alliance of NGOs Road Safety e a convite da Organização Mundial da Saúde (OMS), compõe a força tarefa de constituição da ONG Mundial de Jovens Youth for Road Safety (YOURS). No Brasil, Diza é uma das idealizadoras da Aliança Brasileira de Organizações da Sociedade Civil pela Vida no Trânsito (ABROT). 

Em março de 2019, assumiu a diretoria institucional do Detran-RS, estando sob sua responsabilidade operações como a Balada Segura, a formação de condutores e a educação, onde Diza está implementando a Escola Pública de Trânsito do Detran-RS, projeto de referência em educação para o trânsito no país. 

 

Senador Fabiano Contarato (sem foto) 

Senador pelo Espírito Santo. Foi Corregedor Geral do Estado, Diretor Geral pelo DETRAN – ES e Delegado de Delitos de Trânsito. Luta contra impunidade e a desigualdade. 

 

Rafael Calabria 

Rafael Gandara Calábria é graduado em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), especializado em Planejamento e Gestão de Cidades pela Escola Politécnica da USP. É criador e conselheiro da Cidadeapé - Associação pela Mobilidade a Pé em São Paulo, é titular do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito de São Paulo. É Coordenador do Programa de Mobilidade Urbana do Idec.

LIVE 7 - BIKE: VEÍCULO DO PASSADO, PRESENTE E FUTURO

O mais simples e comum dos veículos, a bicicleta, tornou-se uma das portas de saída para a crise da mobilidade. Em todo mundo cidades constroem ciclovias e prestigiam a bicicleta. E no Brasil? 

Participantes 

Bianca Macedo 

Engenheira de transportes da Gestão Cicloviária da Prefeitura de Fortaleza, atuando como coordenadora dos sistemas de bicicleta compartilhada. Graduada em Engenharia Civil pelo ITA e mestranda em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Ceará, possui experiência em planos de mobilidade urbana, estudos de mobilidade e gênero e implantação de ações pela mobilidade por bicicleta. Também atuou como membro do GT Gênero da Ciclocidade e como Bike Anja em São Paulo. 

Yuriê Baptista Cesar 

Geógrafo e mestre em Engenharia Urbana, atualmente é coordenador de incidência executiva da UCB e da elaboração da Estratégia Nacional de Promoção da Mobilidade por Bicicleta.

José Renato Bergo 

Executivo de gestão de Projetos de Comunicação, Atendimento e Criação (Comunicação / web / multimídia / audiovisual / endomarketing) e docente em cursos de Comunicação Social com ênfase em mídias digitais e ciências e práticas da televisão e audiovisual. 

Suzana Nogueira 

Suzana Leite Nogueira é mãe, ciclista, arquiteta e pedagoga, com atuação há 20 anos em diferentes órgãos públicos e consultoria em mobilidade urbana. 

Atua há 20 anos na mobilidade urbana e tem alguns anos de vivência em diferentes órgãos executivos para o planejamento da mobilidade em diferentes cidades. Atualmente atua como consultora para o fomento de políticas para a mobilidade ativa (bicicletas e pedestres). 

LIVE 8 - CIDADE E ESPAÇO PÚBLICO

O espaço público é um dos elementos chave da mobilidade. É o local do deslocamento, das disputas, mas também o nosso grande oásis. Aquele que nos permite a integração com a cidade, o descanso, o intervalo valioso entre os diversos modais. E é fundamental em termos de preservação ambiental e inclusão social.

 

Participantes 

Wellington Nogueira 
Ator formado pela Academia Americana de Teatro Dramático e Musical de Nova Iorque. 
Trabalhou como ator profissional em algumas das melhores companhias de teatro off-off Broadway e off-Broadway, além de ter participado de projetos de cinema e circo. Em 1988 integrou o elenco da Big Apple Circus Clown Care Unit, programa pioneiro em levar palhaços profissionais especialmente treinados para visitar crianças hospitalizadas.  Em 1991, de volta ao Brasil, fundou o programa-irmão Doutores da Alegria, que hoje atua em 8 hospitais públicos de São Paulo, 4 de Recife e 8 do Rio de Janeiro. Empreendedor Social reconhecido com o fellowship da Ashoka, organização internacional sem fins lucrativos que identifica investe em empreendedores sociais eminentes em mais de 90 países.

Valter Caldana 

Arquiteto e Urbanista e Doutor pela FAUUSP. É professor da FAU Mackenzie e foi Diretor da universidade entre 2009 e 2016. Atuou como professor convidado em universidades na Itália, França e Portugal, e foi membro do CMPU - Conselho Municipal de Política Urbana. Autor de livros e artigos, coordena o LPP - Laboratório de Projetos e Políticas Públicas. Fundador do escritório Espaço e Tempo Arquitetura. 

Anália Amorim 

É graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) e Livre Docente na FAUUSP. 

Mantém atividades de projeto no seu escritório desde 1984. 

Atualmente é professora da Escola da Cidade e professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento e Projetos da Edificação, atuando principalmente nos seguintes temas: arquitetura, tecnologia, urbanismo, projeto arquitetônico, desenho urbano e ensino. De 2002 a 2019 foi presidente da Associação Escola da Cidade - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo. 

Hoje dirige o Conselho Científico, um dos cinco Conselhos que compõem a Associação. Organizou e coordena a pós-graduação lato sensu Conceber e Construir, na Associação Escola da Cidade. 

Luiza de Andrada e Silva 

Jornalista, educadora, diretora-executiva do Cidade em Movimento desde 2012. Fundado há 16 anos em Paris, o IVM tem como objetivo contribuir para a cultura da mobilidade urbana em todas as suas formas: intermodalidade, qualidade do espaço público, mobilidade de pessoas com necessidades especiais, direito à informação, tempo e qualidade dos deslocamentos pela cidade e estimulo à cortesia urbana. 

O IVM possui escritórios na França, China, Argentina e Brasil e está presente em mais de 20 países por meio de hubs de pesquisa.